Bob Dylan é processado por Claudia Levy, viúva de antigo colaborador, por vendas de direitos das músicas

Após Bob Dylan vender direitos de toda discografia por mais de R$ 1,5 bilhão, em dezembro de 2020, Claudia Levy, viúva de antigo colaborador, processou o cantor estadunidense e alegou que eles não foram suficientemente compensados ​​pelos créditos de composição. A informação é do NME.

Continue lendo