Striker vence o prêmio Juno na categoria ‘Álbum de Metal / Hard Music do Ano’

A banda canadense de Heavy Metal Striker foi homenageada na categoria “Álbum de Metal / Hard Music do Ano” no Juno Awards deste ano (o equivalente canadense ao Grammy Awards). O 49º evento anual foi realizado segunda-feira (29 de junho) como uma apresentação virtual especial.

“Muito obrigado a todos!” Striker disse em um post de mídia social. “Estamos muito gratos por ganhar o álbum Metal / Hard Music do ano no Juno Awards de 2020!! Parabéns a todos os outros indicados. Vamos publicar muito mais sobre isso nos próximos dias e semanas, mas por agora é hora da cerveja. MUITO OBRIGADO!!!! “

“Play To Win” foi lançado em outubro de 2018 pela gravadora independente da própria banda, Record Breaking Records. O LP foi produzido pela banda, com mixagem e masterização de Hendrik Udd (Firewind, Powerwolf, Hammerfall, Delain).

Os artistas que lançaram álbuns entre 1 de setembro de 2018 e 8 de novembro de 2019 foram elegíveis para indicações.

Músicos qualificados devem ser cidadãos canadenses. Isso é definido pelo CARAS como 50% ou mais dos membros do grupo que possuam certidões de nascimento, passaportes ou são residentes permanentes com residência no Canadá durante os últimos seis meses do período de elegibilidade.

Os indicados ao “Álbum de Metal / Hard Music do Ano” foram os seguintes:

  • Kobra And The Lotus – “Evolution” (Napalm/The Orchard)
  • Lindsay Schoolcraft – “Martyr” (Cyper Proxy/Independent)
  • Single Mothers Dine Alone – “Through A Wall” (The Orchard)
  • Striker – “Play To Win” (Record Breaking Records/Independent)
  • The Agonist – “Orphans” (Rodeostar/The Orchard)

Uma lista completa dos vencedores do Juno Awards pode ser encontrada aqui.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta