Shows do Metallica no Brasil devem ser remarcados de novo

O Metallica deve remarcar mais uma vez os shows marcados para o Brasil e a América do Sul como um todo. A informação é do jornalista José Norberto Flesch, em seu canal no YouTube.

De acordo com Flesch, os shows, que aconteceriam inicialmente em abril, não devem rolar nem mesmo nas novas datas, marcadas para dezembro deste ano. O jornalista afirma que os fãs não devem ter esperança pelo Metallica no país em 2020.

Todavia, conforme dito no vídeo, a turnê pelo Brasil deve ser reagendada para daqui, no mínimo, quinze meses. Ou seja, as apresentações podem cair para o fim de 2021 ou ainda mais adiante.

Até o momento, a Live Nation, produtora que realiza a turnê do Metallica no Brasil, não divulgou nenhum novo adiamento para as datas. De acordo com o jornalista, a empresa declara que as apresentações estão mantidas para dezembro de 2020, mas que a informação dos bastidores é que, nesta data, não deve rolar.

Atualmente, os shows do Metallica no Brasil, com abertura do Greta Van Fleet e Ego Kill Talent, estão agendados para os dias 14, 16, 18 e 20 de dezembro, respectivamente nas cidades de Porto Alegre (estacionamento da Fiergs), Curitiba (Couto Pereira), São Paulo (Morumbi) e Belo Horizonte (Mineirão). Na capital gaúcha, por conta da indefinição do calendário esportivo nos estádios, em um esforço para manter a cidade na turnê, a produtora moveu o local de realização para o estacionamento da Fiergs.

Em abril, durante bate-papo transmitido ao vivo pela empresa de softwares Salesforce, o baterista Lars Ulrich reconheceu que existe uma chance de os shows do Metallica em um futuro próximo não acontecerem nas datas marcadas ou mesmo remarcadas. Na ocasião, o músico citou diretamente a América do Sul.

“Era para eu estar no Brasil nesta semana, fazendo shows na América Latina. Foram adiados para o outono (primavera, no Hemisfério Sul). Faríamos festivais na América do Norte em maio. Alguns foram adiados, outros foram cancelados. Não sei como serão as datas remarcadas. Espero, claro, que possamos tocar e juntar pessoas pela música, mas sabemos que há uma chance significativa de nenhuma dessas datas acontecer, pois juntar milhares de pessoas em shows talvez não seja a ideia de saúde e segurança para todos em 2020”, disse.

Em junho, ao conversar com o podcast “The Vinyl Guide”, o baixista Robert Trujillo comentou que o Metallica tem toda a intenção de tocar não só na América do Sul, como, também, na Austrália, que também receberia shows no período em que a pandemia se desencadeou. O músico destacou que a banda aproveita o momento para compor um novo álbum.

“Austrália é um dos meus lugares favoritos para tocar, assim como América do Sul, então eu sei que vamos voltar. Não estou tão preocupado com isso, sei que vamos tocar lá. Precisamos superar essa quarentena. Nesse período, estamos criando e acho isso legal, pois às vezes é difícil juntar quatro caras que moram em lugares diferentes em um estúdio. Vimos que não é preciso estar no mesmo lugar”, afirmou.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta