Sharon Den Adel disse que não tinha certeza em continuar com Within Temptation depois do álbum Hydra

A vocalista do Within Temptation foi entrevistada na Radio Bob! e falou sobre a participação de Jacoby Shaddix do Papa Roach na faia “The Reckoning”, do novo álbum “Resist” e ainda confessou que pensou em não continuar na banda por algum momento.

Sobre Jacoby Shaddix ela disse: “Nós nos conhecemos na Bélgica há cerca de três anos. Estávamos tocando em um grande festival de Metal e ficamos nos bastidores lado a lado e nos deparamos com ele, e eu sempre fui uma fã. “Ei, você está no Papa Roach. Sempre fui fã. Ele também nos conhecia, então nós éramos como ‘Yeah!’ Ele imediatamente subiu na minha escada de gente grande [Risos]. Não, estou brincando. Ele é um cara muito legal, com muita energia e energia positiva. Acabamos falandp sobre arte, não só sobre música. Primeiro, eu gosto de sua música. Segundo, ele é um cara legal. E terceiro, [eu pensei comigo] se eu tiver uma música que realmente se encaixe com a voz dele, nós vamos convidá-lo. Eu acho que foi uma semana antes de começarmos vídeo para ‘The Reckoning’, eu já tinha cantado tudo e estávamos pensando: ‘Ah, na erverdade, seria legal fazer um dueto nesta música. Mas quem podemos chamar? Era muito tarde porque tudo estava gravado e íamos fazer um vídeo em sete dias. “Jacoby. Devíamos perguntar para o Jacoby.”Contactamos o empresário dele. Ele estava no estúdio e disse: “Estou sem tempo. Minha família não vai gostar que eu tenha que fazer outra coisa, mas vou perguntar à minha esposa”. Sua esposa disse: “Eu gosto dessa música. Eu amo isso. Você pode fazer!” Isso foi o que ele nos disse [risos]. Foi engraçado, ele estava no estúdio e fez junto com todas as coisas que ele tinha que fazer, ele me enviou os arquivos e foi assim que foi, foi fácil, foi feito em uma semana.”

Sobre a canção “The Reckoning” ela disse: “Ela tem a ver com o título do álbum, ‘Resist’. Eu cresci na era digital. Você é um pouco mais jovem do que eu, mas eu tinha um Commodoro 64. Você tinha disquetes para jogar seus jogos. De qualquer forma, eu nunca pensei que a Internet e as mídias sociais se tornariam tão grandes quanto é hoje. No ‘Resist’, a maioria são canções pessoais onde você tem suas próprias batalhas, mas faixas como ‘The Reckoning’ e ‘Raise Your Banners são na verdade, achamos que deveria haver mais conscientização sobre nossas leis de privacidade. Eu acho que nossos governos realmente falharam em nos proteger contra grandes empresas, porque sempre que entro na Internet, todos podem ser rastreados e seguidos através de cookies – você dá muito de graça. As pessoas não sabem o que estão dando, também é difícil sair do sistema. Como você remove isso? É possível, mas a maioria das pessoas não sabe como fazer. O que fazemos para o álbum, quando você acessa nosso site, você precisa aceitar cookies, mas depois mostramos o que sabemos quando você aceita os cookies. Por exemplo, sabemos o seu endereço postal. Quando vou ao Google Maps, posso ver onde você mora. Eu posso ver como é a sua casa; Eu posso até ir até lá. É loucura que tudo é tão acessível para todos. Que não há nada para te proteger.”

E ao ser perguntada sobre o porque o tempo de 5 anos para lançar o sucessor de Hydra, ela respondeu: “Eu fiz um álbum solo chamado “My Indigo”. Houve um certo tempo quando eu voltei da turnê ‘Hydra’ que eu não tinha certeza se queria continuar com o Within Temptation. Eu estou em turnê há muito tempo. Resumindo, isso leva à razão pela qual nós mudamos um pouco a nossa música. O fato é que eu estava realmente cansada de estar nesta montanha russa de escrever um álbum, sair em turnê, fazer festivais, ir a uma turnê de teatro, em seguida escrever um novo álbum de novo. É sempre a mesma coisa. Eu fiz isso toda a minha vida adulta. Eu adoro isso e eu não mudaria nada, mas o fato é: eu também perdi muita coisa. Para mim, foi uma montanha russa total de aceitar as escolhas que fiz no passado e os altos e baixos da banda com que nunca lidamos

Para mim, foi uma folga, uma pausa para descobrir o que eu queria para fazer no futuro. Eu quero continuar por mais 20 anos ou fazer algo diferente? Eu não poderia escrever para o WT porque é uma música muito poderosa e tudo o mais. Eu não me sentia poderosa e não sentia essa… atmosfera que o WT tinha na época porque é muito poderosa, é estar nas barricadas ao mesmo tempo, mas eu não me sentia assim. Eu tive que dar um passo para trás e escrevi “My Indigo” que é totalmente diferente, então eu me inspirei muito na música urbana. Quando eu finalmente lidei com todo o processo do que eu queria fazer no futuro, encontrei meu caminho de volta para o WT, encontrei uma nova direção, não apenas para mim, mas para toda a banda. Você não sabe realmente qual direção seguir com a música. Porque eu fiz esse projeto solo e fui inspirada pela música urbana, nós aprendemos muito como você faz sons diferentes novamente, colocando nossas coisas pesadas em cima, como guitarras pesadas e tudo mais. Tornou-se Within Tempation novamente, mas em uma vibe totalmente diferente. Mais descontraído, mais groovier. Eu estava tipo ‘isso é realmente muito legal’. Nós estamos felizes. Nós encontramos uma nova chama. Ela veio junto com essa visão política com as coisas que queríamos dizer. Isso realmente nos deu um nova chama na qual acreditamos que ainda podemos trazer algo para o futuro e ainda há algo que queremos dizer ao nosso público e às pessoas que ouvem nossa música.”

\m/ Long Live Rock! \m/

Be Sociable, Share!

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*