Peter Tork, baixista do The Monkees, morreu aos 77 anos

A morte de Tork foi anunciada em sua página oficial no Facebook nesta quinta-feira (21/02), atribuída a seus amigos, familiares e colegas.

“É com corações mais que pesados ​​e partidos que compartilhamos a notícia devastadora que nosso amigo, mentor, professor e alma incrível, Peter Tork, partiu deste mundo”, dizia a publicação. “Como mencionamos no passado, a equipe do PTFB (fã clube de Peter Tork) é formada por amigos, familiares e colegas de Peter – pedimos sua gentileza e compreensão para nos permitir lamentar essa enorme perda em particular”.

Continuou afirmando: “Queremos agradecer a todos e a cada um de vocês pelo seu amor, dedicação e apoio ao nosso ‘chefe’. Ter você em nosso mundo significou muito para todos nós, por favor, saibam que Peter foi extremamente grato a vocês, seus Torkees, e uma de suas mais profundas alegrias foi estar com vocês tocando sua música, e vendo vocês aproveitarem o que ele tinha para compartilhar. Enviamos bênçãos e pensamentos de conforto para todos vocês, com muita gratidão”.

A causa da morte não foi especificada, mas Tork escreveu sobre o diagnóstico de carcinoma adenoide cístico em sua língua para o Washington Post em 2009.

“Não me considero com medo de morrer, mas a notícia me atingiu como um soco no peito”, escreveu Tork.

\m/ Long Live Rock! \m/

Be Sociable, Share!

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*