Ozzy Osbourne, Foo Fighters, The Who entre os muitos nomes do Rock que honram ‘BlackOut Tuesday’

Ozzy Osbourne, Fighters, The Who, Halestorm e Papa Roach estão entre os nomes que estão homenageando #BlackOutTuesday (assim como #TheShowMustBePaused) em resposta ao assassinato de George Floyd e protestos em todo o país.

Floyd, um negro de 46 anos, foi morto em Minneapolis por um policial em um incidente capturado por uma câmera. O oficial, Derek Chauvin, ajoelhou-se no pescoço por quase dez minutos enquanto Floyd estava algemado. A partir daí, Chauvin foi acusado por homicídio de terceiro grau e homicídio culposo.

Muitas bandas, bem como suas gravadoras associadas, se comprometeram a “desconectar-se do trabalho e se reconectar à nossa comunidade” na terça-feira. Eles estão compartilhando postagens nas mídias sociais sob a hashtag #TheShowMustBePaused e expressando solidariedade com a comunidade negra.

O esforço foi criado pelos executivos da indústria da música Jamila Thomas e Brianna Agyemang. O blecaute “deve interromper intencionalmente a semana de trabalho”, segundo o site da iniciativa. “Segunda-feira sugere um fim de semana prolongado, e não podemos esperar até sexta-feira pela mudança. É um dia para uma conversa honesta, reflexiva e produtiva sobre quais ações precisamos tomar coletivamente para apoiar a comunidade negra.

“Estamos cansados ​​e não podemos mudar as coisas sozinhos”, continua o comunicado. “Enquanto isso, para nossos amigos e família negros: por favor, dedique um tempo para você e sua saúde mental. Para nossos aliados, é hora de ter conversas difíceis com a família, amigos e colegas.”

A vocalista do Halestorm, Lzzy Hale, esclareceu o objetivo da iniciativa, escrevendo nas mídias sociais: “A indústria fonográfica não fechou durante a pandemia, a indústria da turnê … mas os artistas, criadores e profissionais do setor estão trabalhando nisso por 14 horas como um esforço para manter tudo à tona. Pessoalmente, tenho estado muito mais ocupada e me esforçando mais do que teria estado se a pandemia não tivesse acontecido. Então, em vez de promover a nós mesmos ou nossas agendas pessoais na terça-feira, faremos uma pausa em solidariedade por respeito ao que está acontecendo agora.

“Quando você estiver lendo sobre esses pequenos atos de solidariedade que eu e muitos outros estamos colocando em movimento. Não assuma o que você não sabe nada a respeito. Não torça as coisas, porque o ponto principal é que todos nós temos que criar atenção ao estado de o mundo e, especificamente, nosso país agora, e todos nós precisamos fazer nossa parte, ou isso continuará se repetindo repetidamente a cada geração.

“Encorajo todos vocês a fazer sua pesquisa e encontrar maneiras grandes ou pequenas de ajudar a mudar. Uma pessoa com um isqueiro é apenas uma chama que pode se perder durante a noite, mas se todos ficarmos com nossos isqueiros juntos, brilhe mais que a escuridão. E se lutar por direitos humanos e igualdade básicos é algo com que você não concorda, então você faz parte do problema “.

O Foo Fighters publicou uma imagem totalmente escura com o texto: “O Foo Fighters está observando o Blackout Tuesday para apoiar a comunidade negra e com nossos colegas, artistas, equipes, fãs e líderes que lutam contra a injustiça e o racismo. Envie FLOYD para 55156 para assinar a petição Justiça para George Floyd. (1/3)”.

Já, Ozzy, Papa Roach, The Who, Gene Simons e muitos outros apenas publicaram uma imagem totalmente escura (no caso do The Who, somente com seu logo) demonstrando que não há palavras, apenas luto.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta