Novo cantor do Fear Factory não será anunciado ‘por enquanto’

Dino Cazares falou para a TV Kaaos da Finlândia sobre a busca recentemente lançada do Fear Factory por um vocalista para substituir o vocalista original da banda, Burton C. Bell. “Temos muitas pessoas que enviaram vídeos e quero agradecer a todos por isso. O amor que estávamos recebendo das pessoas que queriam ocupar o lugar de Burt foi enorme. Mas eu posso te dizer uma coisa: nenhum anúncio vai ser feito por um tempo. Queremos nos dar bem com a pessoa, queremos ver se temos a química certa.

“[Há] alguns [candidatos] realmente bons e talentosos – homens e mulheres”, continuou ele. “E minha decisão não será baseada em gênero de forma alguma. O gênero não desempenha um papel na minha decisão. Então, se for uma mulher e ela puder fazer o trabalho, ótimo. Se for um homem, eles podem fazer o trabalho e eles estão prontos para se comprometer, eles estão prontos para sair em turnê, na estrada, e eles podem lidar com isso, ótimo.”

Questionado sobre se ele está procurando um cantor que soe muito parecido com Bell ou alguém com uma abordagem completamente diferente, Dino disse que a pessoa deve conhecer o estilo e ser capaz de fazer os dois, mas não precisa soar como Burt. “Algumas pessoas podem querer isso. Algumas pessoas podem querer que eles sejam idênticos – mais ou menos como o que Journey fez. Aquele cara [Arnel Pineda] – aquele cara parece idêntico [a Steve Perry] … Eu acho que no sentido do Journey o [cantor] original estava melhor anos atrás. Mas isso não significa que ele está melhor agora, porque ele envelheceu e sua voz mudou. Considerando que, se você conseguir um substituto novo e jovem que soe idêntico de quando o original soava muito bem lá atrás, então pode ser uma vantagem. Quer dizer, olhe para Todd La Torre com Queenrÿche; aquele cara parece incrível. Ele soa como Geoff Tate, mas ele também tem outros elementos – elementos mais recentes – que ele traz para a banda. Então pode funcionar. Porque, como você sabe, temos diferentes épocas para o Fear Factory. Algumas pessoas adoram a era ‘Demanufacture’ / ‘Obsolete’ e algumas pessoas gostam da era posterior. E se você notou, ao longo dos anos, obviamente, a voz [de Burt] mudou. Então, em que época você quer que o cara soe? Portanto, minha decisão será baseada no cara que pode fazer todas as diferentes épocas.”

O novo álbum do Fear Factory, “Aggression Continuum”, será lançado em 18 de junho pela Nuclear Blast Records. O LP, que foi gravado principalmente em 2017, traz Cazares e Bell ao lado do baterista Mike Heller. Foi produzido e projetado por Damien Rainaud (Dragonforce, Once Human), com teclados por Igor Khoroshev (ex-Yes), e programação em duas canções do colaborador de longa data Rhys Fulber (Front Line, Assembly). “Aggression Continuum” foi mixado pelo produtor de Rock e Metal de primeira linha, Andy Sneap (Megadeth, Killwisth Engace, Trivium), que também mixou o álbum anterior do Fear Factory, “Genexus” de 2015.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta