Vocalista do Architects interrompe show para reprimir cena de assédio sexual na plateia

O vocalista da banda de Metal Architects, Sam Carter, parou um show para defender uma fã que estava sendo assediada.

A banda tocava no festival Lowlands, na Holanda, na sexta-feira (18) quando o cantor viu a cena.

Ele, então, interrompeu o show e disse que tinha visto pegarem no peito de uma garota.

Eu vi uma garota, uma mulher, “crowdsurfing” por aqui, e eu não vou apontar para o babaca, mas eu vi você agarrar os peitos dela”, disse Carter. “Eu vi. É nojento pra caralho e não há lugar aqui para esse merda.”

O corpo não é seu. Você não pode simplesmente pegar em alguém, não em um show meu.”

Carter disse no show de sexta-feira que não sabia se iria falar alguma coisa diante a cena, mas decidiu colocar para fora.

Ele terminou o discurso convidando as pessoas que queria assediar as fãs que deixassem o evento.

‘Crowd surfing’ em shows deixa os fãs vulneráveis a esse tipo de violência. Em 2014, a rapper Iggy Azalea parou de fazer crowd surfing nos seus shows com medo de homens tentarem passar a mão nela.

\m/ Long Live Rock! \m/

Be Sociable, Share!

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*