Sobre Chester Bennington, Brian Welch, do Korn, diz que desistir da vida é “a saída covarde”

O guitarrista do Korn, Brian “Head” Welch, diz estar “chateado” com a morte de Chester Bennington, explicando que tirar sua própria vida “é a saída covarde”.

O cantor do Link Park morreu de um aparente suicídio pendurado na manhã desta quinta-feira (20). Ele tinha 41 anos.

No início desta tarde, Welch foi ao Facebook e escreveu: “Honestamente, Chester é um velho amigo com quem saí muitas vezes, e eu tenho amigos que sao muito próximos a ele, mas isso realmente me irrita! Como esses caras podem enviar esta mensagem para seus filhos e fãs? Estou cansado dessa merda de suicídio! Eu enfrentei depressão / doença mental, e estou tentando ser compreensivo, mas é difícil quando você está chateado! Basta! Desistir de seus filhos, fãs e a vida é a saída covarde!!!”

 

O companheiro de banda de Chester, Mike Shinoda, confirmou os relatos da morte de Bennington, tweetando: “Chocado e com o coração partido, mas é verdade. Uma declaração oficial surgirá assim que a gente tiver uma”.

Bennington tem seis filhos de dois relacionamentos.

De acordo com TMZ, Chester estava agendado para se juntar aos seus colegas de banda para uma sessão de fotos em Hollywood hoje.

Fontes disseram ao site que Chester voltou a L.A. quarta-feira do Arizona, onde ele e sua esposa passavam um tempo.

Um dos companheiros de banda de Bennington apareceu na casa do cantor em Palos Verdes Estates logo após a chegada da polícia, de acordo com o site. Ele disse que deveria levar Chester de carro para a sessão de fotos e ficou “absolutamente chocado”.

 

\m/ Long Live Rock! \m/

Be Sociable, Share!

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*