Claustrofobia relança o aclamado álbum Fulminant

Em 2005 a banda brasileira de Thrash Metal, Claustrofobia, lançou o álbum “Fulminant” que é considerado pela banda e pelos fãs um grande marco na história do Claustrofobia. Isso porque no ano de lançamento oficial do álbum, vários artistas utilizavam da novidade tecnológica que era consumida em excesso por estúdios em todo o mundo, o “Pro Tools”.

Este software era o centro das atenções naquela época e muitas bandas maquiavam suas músicas utilizando os recursos oferecidos pelo programa. Porém, o Claustrofobia manteve sua ideia de soar original e verdadeiro em um disco e através da produção do renomado Ciero do Tribo Studios o grupo e o produtor gravaram o disco inteiro no formato analógico em fita.

Para celebrar os 12 anos do disco mais vendido da história do Claustrofobia, o grupo anuncia que já está disponível pela Die Hard a venda da nova remessa de prensagem do álbum. O mesmo se encontrava esgotado e apenas colecionadores e fãs do grupo possuíam o material físico em sua coleção, mas agora é possível que aqueles que ainda não possuem um dos discos de maior importância do Metal nacional tenha a oportunidade de adquirir sua cópia.

Fulminant foi o primeiro disco do Claustrofobia a ter venda internacional, sendo disponibilizado no Canadá. O trabalho também conta com a participação de Andreas Kisser (Sepultura) e Alex Camargo (Krisiun).

Os músicos da banda informaram que o disco, além de estar a venda pela Die Hard, estará também disponível para venda em todos os shows do “Claustruth Legions Tour 2017” que teve inicio no último dia 31/05 (quarta-feira) na cidade de Leme/SP.

Tracklist:

01 – Disorder and Decay
02 – Reality Show
03 – Claustruth
04 – Underground Party
05 – It’s not Enough to Exceed…You Must Run Over
06 – Terror Agaisnt Terror
07 – Protective Hate
08 – Witness
09 – Roots of Disease
10 – Eu Quero é que Se Foda
11 – Necessary Evil
12 – Two Faced
13 – Fact

\m/ Long Live Rock! \m/

Be Sociable, Share!

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*