Mick Jagger retorna às telas em filme que estreia em setembro

O retorno do ator do Rolling Stones, Mick Jagger, será visto quando o novo filme The Burnt Orange Heresy estreia em 7 de setembro, anunciaram os produtores.

O mais recente trabalho do diretor Giuseppe Capotondi apresenta Jagger ao lado de Donald Sutherland, Claes Bang e Elizabeth Debicki. A produção encerrará o Festival de Cinema de Veneza deste ano em uma colocação fora de competição.

“O mundo da arte e o submundo colidem no thriller neo-noir do diretor Capotondi, ambientado na Itália atual”, disseram os organizadores do festival. “O carismático crítico de arte James Figueras (Bang) se encontra com o provocador e sedutor companheiro americano Berenice Hollis (Debicki). Os novos amantes viajam para a luxuosa e opulenta propriedade Lake Como do poderoso colecionador de arte Joseph Cassidy (Jagger). Seu anfitrião revela que ele é o patrono de Jerome Debney (Sutherland), o recluso J.D. Salinger do mundo da arte, e ele tem um pedido simples: para James roubar uma obra-prima de Debney do estúdio do artista, qualquer que seja o custo. Enquanto o casal passa o tempo com Debney, eles começam a perceber que nada sobre o artista ou sua missão é o que parece”.

Jagger completou as filmagens antes de passar por uma cirurgia cardíaca em abril, o que forçou os Stones a mudar seus planos de turnê. O veterano, que completa 76 anos na sexta-feira, voltou recentemente para ação no palco e parece ter se recuperado completamente.

Apesar de Jagger ter estrelado vários filmes ao longo dos anos, sua mais recente aparição na tela grande veio através de uma participação especial no longa The Bank Job, de Jason Statham, em 2008, onde ele foi brevemente visto como um funcionário do banco.

\m/ Long Live Rock! \m/

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta