Lita Ford fala sobre seu próximo álbum de estúdio

A cantora e guitarrista estadunidense Lita Ford falou com o Tulsa Music Stream sobre o andamento das sessões de gravação de seu tão aguardado novo álbum solo. O sucessor de “Living Like A Runaway” de 2012 está mais uma vez sendo comandado pelo guitarrista / produtor Gary Hoey, que contribui com um pouco de guitarra no disco, ao lado do resto da banda de apoio de Ford, que continua a consistir do guitarrista Patrick Kennison, o baterista Bobby Rock e o baixista Marty O’Brien.

Lita disse: “É incrível. É realmente, realmente um presente dos deuses, é o que eu digo [aos outros caras da banda]. ‘Caras, os deuses estão cuidando de nós.’ Tem sido realmente fantástico.

“Levei muito tempo para escrever essas faixas,” ela continuou. “Muitas coisas diferentes aconteceram durante o processo de composição deste álbum. Meu parceiro de composição morreu, e eu fiquei tipo, ‘Cara, você vem dar uma olhada agora? Então eu terminei as últimas duas faixas, e então fomos para Minneapolis recentemente, onde nosso estúdio está – na verdade é o estúdio do nosso agente de reservas.E é um estúdio fodão, e está fora do caminho, e ninguém sabe que está lá. Entramos e nos divertimos muito. E nosso engenheiro de som, George Marshall, é simplesmente o melhor. E Bobby Rock é simplesmente o melhor. E as músicas são ótimas, e tudo é ótimo. Gary Hoey é o produtor. “

Lita disse que está particularmente orgulhosa de seu trabalho de guitarra em seu novo LP.

“Gary e eu, temos escrito e gravado nos últimos anos, e temos algumas partes de guitarra realmente ótimas”, disse ela.

“Eu disse a Gary que meus heróis da guitarra eram as duplas – Steve Hunter e Dick Wagner, que tocaram com Alice Cooper. Eles estavam em ‘Welcome To My Nightmare’ e nos álbuns anteriores. E eu amo a guitarra deles. A maneira como tocavam juntos, havia uma magia nisso. E eu disse a Gary, depois de ouvir todas as músicas que estão tocando no próximo álbum, eu disse: ‘Gary, você percebe que somos o Hunter / Wagner de 2020, 2021? nos.’ E ele, tipo, ‘Sim, cara. Eu nem sei.’ Não fomos lá com essa intenção.

“Gary é um dos maiores guitarristas da atualidade”, acrescentou Lita. “E eu joguei pra caramba. E assim, juntos, ele e eu nos divertimos muito brigando nas guitarras. Nem pensamos nisso. Agora que está tudo dito e feito e estamos começando a passar por as mixagens, uau, aquelas guitarras são ótimas. “

No ano passado, Lita disse ao The Metal Voice que seu novo álbum incluirá uma canção chamada “Monsters”, que foi inspirada por infames líderes de culto como Charles Manson e David Koresh. “São coisas realmente obscuras e nojentas – lavagem cerebral nas pessoas e todas as coisas que [Koresh] fez, e fez com que todas aquelas pessoas bebessem Kool-Aid”, disse ela. “Mas, então, pode ser alguém como o seu advogado, ou pode ser alguém como a sua mãe, que é o monstro da sua vida. Pode ser o seu empresário. Você nunca sabe quem será o monstro da sua vida . “

O último lançamento da Ford foi “Time Capsule” de 2016, uma coleção de canções que foram gravadas por Lita no passado, mas nunca antes disponibilizadas.

Quatro anos atrás, Lita lançou uma autobiografia, “Living Like A Runaway: A Memoir”, via Dey Street Books (anteriormente It Books), um selo da HarperCollins Publishers.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta