Kiss só voltará a fazer shows após acharem a cura para o COVID-19

Gene Simmons, revelou em entrevista ao programa de TV Good Morning L.A. que o Kiss não voltará a fazer shows até que uma cura para Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, seja encontrada.

Em entrevista ao programa Good Morning L.A da semana passada, Gene Simmons falou sobre como está perigoso se reunir em grupos, o impacto que o coronavírus teve na indústria da música e a volta da banda aos palcos.

“Nós vamos voltar quando estiver seguro, quando houver uma cura. Nunca colocaríamos nossos fãs em perigo, ou nós mesmos”, disse Simmons, em menção à turnê de despedida da banda.”

“Podemos falar sobre os grandes números, os bilhões de dólares perdidos. Os ricos, famosos e bonitões, que usam roupas bobas como essa que estou usando… bilhões de dólares pelo ralo. E daí? Estamos falando de mães solteiras e famílias que vivem a cada salário recebido”, comentou o músico sobre a crise financeira.

O músico reconheceu, ainda, que é preciso ter cuidado não só com os fãs e com os integrantes do Kiss – a equipe que trabalha nos shows também merece toda a atenção. “As pessoas que realmente fazem esses shows, como seguranças, a equipe de turnê, tudo isso… é questão de sobrevivência. As pessoas dentro da infraestrutura de shows e no entorno dela são as que mais estão sofrendo”, disse.

Simmons ainda destacou que o Kiss está fazendo sua parte para ajudar durante a pandemia. “Acabei de mandar um bom cheque para um hospital infantil aqui em Los Angeles porque temos não apenas crianças sofrendo com isso – temos crianças também lutando contra o câncer. Não temos nada para reclamar. Vivo dizendo: pare de reclamar. Há coisas terríveis acontecendo por aí. Pessoas estão perdendo suas vidas. Estamos nessa juntos”, afirmou.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta