Kamelot lançará DVD “I Am The Empire – Live From The 013” e revela detalhes sobre o próximo álbum

O Kamelot é uma banda que se caracteriza por ter ótimas performances e está prestes a lançar seu DVD e BluRay “I Am The Empire – Live From The 013”, no próximo dia 14 de agosto pela Napalm Records. E, como prévia, eles acabaram de lançar o vídeo de ‘Sacrimony’, onde Alissa White-Gluz (Arch Enemy) e Elize Ryd (Amaranthe) colaboram (veja ao final deste artigo).

Além de Alissa e Elize, este DVD também conta com participações de Charlotte Wessels, Lauren Hart, Eklipse, Sascha Paeth e mais artistas. É possível fazer o pré-pedido clicando aqui.

Sobre o próximo álbum, o guitarrista e compositor principal Kamelot, Thomas Youngblood, falou recentemente em ‘Jones.Show’ sobre a importância de manter a essência da banda enquanto exploram o novo território musical.

“O problema é que ainda temos muitas idéias. Eu estava trabalhando com Tommy [Karevik, voz] e Oliver [Palotai], meu tecladista, e temos material para o novo álbum no momento no qual estamos trabalhando. E tudo é novo, mas ainda tem esse som característico que queremos e achamos importante. Esse é o truque para um artista: você precisa garantir aos fãs o que eles esperam, mas não quer dar o mesmo, porque então você não está crescendo e será chato, mas conseguimos faça”.

“Acho que parte da longevidade está me cercando de pessoas criativas e talentosas que contribuem”, explicou ele. “Não tenho problemas com alguém assumindo a liderança em alguma coisa ou assumindo a origem de qualquer coisa, porque, no final das contas, o que eu quero é o melhor, e acho que essa é uma das filosofias que ajudou”.

Youngblood também enfatizou a emoção característica da música de Kamelot:

“A parte do sentimento é muito importante”, disse ele. “Eu estava conversando com Tommy Karevik, nosso cantor, e estávamos conversando sobre isso há algumas semanas. Às vezes eu tenho um pouco de DDA e quero chegar ao ponto de uma música ou situação. Como, eu não quero o música para ser muito longa em uma determinada parte ou verso, e estávamos conversando sobre um sentimento. Eu disse: “Os fãs vão gostar disso por causa do sentimento, eles vão sentir. Eu sei que pode demorar um pouco mais para chegar ao coral, mas … ‘Você mencionou o que fizemos no passado e como certas músicas tinham esse fôlego que poderia chegar ao coral em um determinado momento, você não precisa pressa. E foi um ótimo lembrete, porque quando você faz isso há tantos anos, esquece algo sobre o que foi exposto acima que pode ter sido atraente. Portanto, se você pode fazer alguém sentir algo, nunca pode se desculpar por isso, mesmo que não seja totalmente cativante ou totalmente rápido, seja o que for, mas se você pode fazer alguém sentir, é isso.”

O livro de Kamelot, ‘Veritas: A Kamelot Legacy’, marca o trigésimo aniversário da fundação da banda e será lançado ainda este ano pelo Rocket 88.

Tracklist – «I Am The Empire – Live From The 013»

  1. Transcendence (Intro)
  2. Phantom Divine (Shadow Empire) (feat. Lauren Hart)
  3. Rule The World
  4. Insomnia
  5. The Great Pandemonium
  6. When The Lights Are Down
  7. My Confession (feat. Eklipse)
  8. Veil of Elysium
  9. Under Grey Skies (feat. Charlotte Wessels (live premiere)
  10. Ravenlight (feat. Sascha Paeth)
  11. End Of Innocence
  12. March Of Mephisto (feat. Alissa White Gluz)
  13. Amnesiac
  14. Manus Dei
  15. Sacrimony (Angel Of Afterlife) (feat. Alissa White Gluz & Elize Ryd)
  16. Drum And Keys Solo
  17. Here’s to the Fall
  18. Forever
  19. Burns To Embrace (with Children’s Choir, including Thomas Youngblood’s son)
  20. Liar Liar (Wasteland Monarchy) (feat Alissa White Gluz)
  21. Ministrium (Shadow Key)

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta