Ex-esposa de David Bowie, Angie Barnett, criticou o novo filme sobre o cantor

Angie Barnett, atriz, modelo e ex-esposa de David Bowie, criticou “Stardust”, o novo filme biográfico sobre o cantor inglês. Segundo ela, que foi casada com Bowie 1970 a 1980, a produção é uma “total perda de tempo” e “mais triste que um documentário sobre um astro”.

Em entrevista ao The Mirror, Angie deu as suas impressões sobre “Stardust”, principalmente sobre o fato de não ter nenhuma música de David Bowie na banda sonora: “É entediante. Eu não achei nada divertido. É mais triste do que um documentário de uma estrela. É muito neutro e sem graça. E sem a música, não há nada”.

Barnett continuou a dizer que “Bowie nunca teria visto o filme”. “As únicas pessoas que o viram são pessoas obcecadas por celebridades. Bowie era um músico. E onde estava a música?”, questionou.

A ex-mulher do Camaleão do Rock ainda criticou que alguns factos sobre o casamento deles foram alterados na longa metragem, em especial a cena em que mostra uma discussão entre eles após Bowie regressar a Londres depois de ter feito tanto sucesso nos EUA.

“Não foi nada disso. O nosso casamento não estava à beira de um colapso. Isso veio muito depois. Eu não estava preocupada com nada e estava com muito bom humor. Eu estava a divertir-me muito em Londres”, disse Angie, e completou: “A minha personagem [interpretada pela Jena Malone] diz que eu queria que David e eu fôssemos como um Rei e uma Rainha, e isso não é verdade. Eu queria que a carreira dele fosse incrível e eu queria concretizar os meus sonhos de realizar e actuar. Não queria ser uma Rainha”.

No final do artigo, Angie classificou “Stardust” como um filme “entediante e uma total perda de tempo”.

“Stardust” foi realizado por Gabriel Range, e foi lançado no dia 15 de Janeiro no Reino Unido em diversas plataformas digitais como iTunes, Amazon Prime e Google Play.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta