Ensiferum tem novo integrante nos vocais limpos e teclados

Após uma longa busca, a banda finlandesa de Folk Metal Ensiferum tem o orgulho de anunciar que o músico, também finlandês, Pekka Montin se juntou oficialmente à banda como o novo tecladista / vocalista limpo. A banda concluiu recentemente a gravação do seu oitavo álbum de estúdio, que contará com o mais novo membro no time.

Ao ingressar no Ensiferum, Pekka afirma: “Comecei minha jornada com a música nos anos 90. Fui inspirado e influenciado por meu tio Hans Montin, que tocava bateria em uma banda sueca cult de Hard Rock [chamada] Shock Tilt nos anos 80. Após minha educação musical na Finlândia, comecei minha própria banda de Heavy Metal Judas Avenger, que visa combinar, sem medo, estilos de Heavy Metal. Em 2016 e 2017, tive a honra de fazer uma turnê na Escandinávia ao lado de Graham Bonnet quando estava tocando na banda Wishing Well, que era a banda de apoio na turnê. E no ano passado eu cantei e toquei teclados no terceiro álbum de estúdio da banda de Heavy Metal Progressivo Amoth.

Pekka Montin

“No final de 2018, tive a oportunidade de me juntar ao Ensiferum. Nosso estilo musical parecia combinar facilmente, algo que realmente pode ser ouvido no próximo álbum do Ensiferum.

A banda comentou sobre o novo membro: “Recebemos uma enorme quantidade de inscrições para a posição de vocal limpo / tecladista. Dedicamos um tempo para ler e verificar cuidadosamente os links de cada inscrição e ficamos impressionados com o nível de habilidade das pessoas que demonstraram interesse por nossa banda. Mais uma vez, muito obrigado a todos que se inscreveram! Continue fazendo o que quiser e o mundo inteiro estará de joelhos.

“Houve uma inscrição que chamou nossa atenção: Mr. Pekka Montin. Esse cara tem um alcance vocal incrível, ótimas habilidades e bom gosto em teclados, teoria musical e gêneros musicais em geral – além de ter experiência em tocar em centenas de shows e familiaridade em um ambiente de estúdio com suas bandas antigas. É claro que, logisticamente, é bom que ele seja finlandês, mas esse ponto nunca esteve na lista de critérios do futuro membro.

“Nós o convidamos para tocar e conversar conosco porque uma banda é muito mais do que apenas pessoas aleatórias tocando juntas, é uma família. E mesmo que todos tenham suas próprias personalidades e visões do mundo, ainda precisa haver esse vínculo de união, visão compartilhada e paixão pela música da banda além do comprometimento incondicional com ela. Todos os membros precisam fazer isso de todo o coração ou as coisas simplesmente não funcionam. O amor pela música é a principal coisa na vida de Pekka, por isso não demorou muito para nos convencermos de que havíamos encontrado o cara que procurávamos.

“Além de seus talentos musicais, ele é um cavalheiro muito calmo e profissional que já se provou na sala de ensaios com as músicas antigas, escrevendo o novo álbum conosco e, principalmente, nas sessões de estúdio do novo álbum.

“Estamos extremamente ansiosos para voltar à estrada para tocar material antigo e novo com um tecladista real (em vez de faixas de acompanhamento que tivemos que usar por um tempo), que também eleva nossos vocais a uma dimensão totalmente nova. Então, por favor dêem as boas-vindas ao nosso novo membro, Pekka!”

\m/ Long Live Rock! \m/

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta