Dark Sarah assina contrato com Napalm Records e novo álbum lançado em julho

A banda finlandesa Dark Sarah de Symphonic Metal assinaram oficialmente um contrato mundial com a Napalm Records. Ao longo de oito anos e três álbuns epicamente conceituados, a banda provou sua posição na cena. Como cantora de ópera e intérprete experimental com educação clássica,

Heidi Parviainen (ex-Amberian Dawn), criou seu alter ego com Dark Sarah e fascina os ouvintes com seu talento para paisagens sonoras únicas em simbiose com mundos verdadeiramente mágicos.

Conhecidos por suas incríveis histórias que se fundem perfeitamente em um vínculo inquebrável com sua música, o Dark Sarah está pronto para começar uma nova e fascinante jornada com a Napalm Records com “Grim” que chega às lojas em 17 de julho de 2020!

Heidi Parviainen comenta sobre a assinatura: “Estamos muito felizes e empolgados por iniciar uma nova era na história da banda e começar a colaborar com a Napalm Records, uma das maiores gravadoras de Metal do mundo! Depois de trabalharmos como uma banda independente por muitos anos, temos uma boa visão desse caminho – tanto no que é bom quanto no que é ruim. Esta é uma nova oportunidade para nós, que receberemos de braços abertos!”

A banda inicia uma nova e surpreendente história de conto de fadas no “Grim”, seu quarto álbum de estúdio. A nova dimensão sedutora, combinando vocais claros e dureza propulsora, leva você ao turbilhão tempestuoso de seu tema de fantasia de terror. Apresentando o novo protagonista, Luna, a banda convida você para seu mundo mítico de orbes, corvos, pessoas com cabeças de coelho e Mörk, que o envolverão em uma paisagem de sonho surreal.

A intensidade avassaladora da saga de Metal cinematográfico de Dark Sarah, magistralmente contida, arrepia sua espinha e toma posse de coração e alma, deixando-o com emoções puras. O sombrio floresce com toda a sua magnitude, revelando seu potencial a cada segundo.

Heidi fala sobre o novo álbum: “Nosso novo álbum chamado “Grim” é um álbum conceitual como seus antecessores, mas este começará uma nova linha de história com um moderno tema de fantasia de terror. Musicalmente, o álbum apresenta um som mais moderno e um gostinho do que está por vir no futuro – com um ‘toque de Dark Sarah’, é claro. Estamos muito felizes com este álbum e foi muito divertido de fazer. Também, criar a nova marca visual e o mundo Grim já foi uma aventura!”

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta