Arte original da capa de Led Zeppelin vai a leilão

A arte original do álbum de estreia do Led Zeppelin será leiloada em junho – e espera-se que arrecade entre US$ 20.000 e US$ 30.000 (em reais, entre R$ 116.375 e R$ 174.563). As informações são da NME.

A capa icônica do LP Led Zeppelin (1969) foi feita por George Hardie e é baseada em uma fotografia de Sam Share, feita do famoso desastre famoso do dirigível (zeppelin) Hindenburg na cidade de Lakehurst nos Estados Unidos.

O leilão da peça acontecerá entre 2 e 18 de junho na Christie’s, em Nova York – e segundo Peter Klarnet, a arte é única. O especialista sênior de livros e manuscritos da Christie’s conversou com a Rolling Stone EUA: “Em termos de raridade, esse é um objeto único – acho que não dá para ser mais raro que isso”.

Hardie, designer gráfico e ilustrador inglês, projetou a imagem enquanto estudava no Royal College of Art, em Londres. O amigo dele e fotógrafo Stephen Goldblatt, recomendou o trabalho dele ao Led Zeppelin, e Jimmy Page sugeriu mais tarde que ele usasse a foto de Shere do Hindenburg.

Supostamente, o Led Zeppelin pagou 60 libras ao artista, o equivalente a R$ 430. Segundo Klarnet, a arte é muito importante: “O significado histórico da capa deste álbum não pode ser subestimado. Isso marcou uma grande virada na história da música, anunciada pela estréia do Led Zeppelin. Era mais alto, mais ousado do que o que havia chegado antes e viria a definir a forma do Hard Rock por gerações”.

“Esta simples representação de Hindenburg explodindo em Lakehurst permanece como um monumento àquele momento histórico importante. E a imagem persiste de uma maneira que a maioria das capas de outros álbuns não faz – ela ganhou vida própria”, concluiu o especialista.

\m/ Long Live Rock! \m/

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta